A importância do exame de Hemograma

O hemograma é um dos exames de sangue mais solicitados pelos médicos. Por ser um exame de fácil execução e mensuração de resultado, o hemograma é principalmente solicitado na realização de exames de rotina. Entenda a importância do exame de Hemograma.

Por que o exame é solicitado?

Os resultados de um hemograma podem servir de ponto de partida para uma investigação médica de diagnóstico. Ele funciona como uma triagem, fornecendo informações importantes sobre a saúde do paciente.

É por isso que muitos médicos solicitam este exame como forma de identificar alguma anomalia no organismo, como a presença de uma doença. Resultados anormais podem ser indicativos de males como anemia, leucemia e infecções. Estes resultados podem ser vistos antes mesmo de o paciente apresentar sintomas físicos.

A composição do sangue

Para entender o papel do hemograma, é preciso compreender um pouco sobre o sangue – ele é produzido na medula óssea e é responsável pelo transporte de substâncias, como nutrientes e oxigênio, por todo o organismo. O sangue tem papel fundamental na proteção e manutenção do equilíbrio do nosso corpo.

O sangue é composto basicamente por:

  • Hemácias: Também chamadas de glóbulos vermelhos, as hemácias têm a função de transportar oxigênio para todo o organismo.
  • Leucócitos: Conhecidos como glóbulos brancos, eles fazem parte do sistema imunológico e agem contra as infecções do corpo.
  • Plaquetas: Responsáveis pelos processos de coagulação do sangue.

O que é o hemograma?

O objetivo do hemograma (exame de sangue) é avaliar e contar estes componentes do sangue. Seu resultado fornece o número total de cada tipo, e por meio da comparação a um valor ideal verifica-se se eles estão dentro do esperado.

Assim, o exame de hemograma avalia não só as condições do sangue mas também de seus tecidos formadores, como a medula óssea. O resultado de um hemograma pode indicar doenças em outros órgãos.

A quantidade de hemácias varia de acordo com o sexo e a idade. Valores baixos podem indicar, por exemplo, uma anemia.

Já os glóbulos brancos, quando apresentados em uma alta quantidade, podem ser indicativos de uma infecção.

Uma queda brusca no número de plaquetas pode ser indício, por exemplo, de dengue hemorrágica.

Quando é entregue o resultado do exame de sangue, é apresentada uma série de números e nomes que não são compreendidos por leigos. É através da consulta que o médico irá avaliar os resultados do exame e informar o diagnóstico.

Os objetivos do hemograma:

  • Avaliar a saúde geral do paciente, sendo um importante instrumento para exames de rotina.
  • Verificar e diagnosticar pacientes com sintomas como fadiga, fraqueza e febre, permitindo ao médico encontrar a causa destes sintomas.
  • Monitorar e acompanhar a saúde de um paciente que já se encontra em tratamento para uma determinada doença.

Preparação para o exame de hemograma

Para a realização do seu exame de hemograma no Laboratório Vozza, não é necessário o jejum após refeições leves. Caso o exame seja realizado depois de uma refeição principal, como o almoço, é preciso um jejum de 4 horas. Não esqueça de informar o uso de medicamentos e caso tenha realizado um transfusão recentemente. Antes de realizar a coleta, não faça grandes esforços como atividades físicas.

TPM: Mudanças de humor que só elas têm

A TPM, abreviação de ‘tensão pré-menstrual’, ou Síndrome Pré-Menstrual, é um período de reprodução feminino que antecede a menstruação, onde geralmente as mulheres ficam mais sensíveis e suscetíveis a irritação, choro e frustração. A TPM foi muito questionada por especialistas, mas médicos garantem que ela existe e é composta por alterações de humor e até mesmo físicas.

Em cada dia do mês, a mulher tem uma concentração de hormônios sexuais diferente da do dia anterior e diferente da do dia seguinte. O impacto que isso provoca no humor feminino também oscila de um dia para o outro. Por isso, os homens dizem que as mulheres são difíceis de entender.

Tensão pré-menstrual (TPM)

Os dias que antecedem a menstruação são marcados comumente por oscilações de humor. Ao mesmo tempo em que a mulher se sente irritada, ela também tem vontade de chorar. Os sintomas são variados: irritabilidade, depressão, dor nas mamas e agressividade, que pode e deve ser controlada. Dor de cabeça é outra queixa frequente. A mulher também chora fácil sem saber exatamente por quê, e pode explodir sem motivo.

Quando o sangramento desce, os sintomas tem de desaparecer. Sensações de insegurança e quietude são confundidas com sintomas da TPM. Mas devem ser avaliadas com seriedade, uma vez que os sintomas pré-menstruais sempre cessam com o sangramento. Caso se prolonguem, não é TPM.  Por isso, para estabelecer um diagnóstico preciso, é importante a mulher observar o que sentiu durante o mês inteiro. Se ficou com dor de cabeça, irritada, deprimida, sem querer sair de casa, chorando à toa, é bom verificar se está perto da menstruação. Assim, também fica mais fácil aprender a se controlar.

Principais dúvidas sobre Menstruação

– Quanto tempo dura o ciclo menstrual?

De 25 a 35 dias. Mas a maioria das mulheres tem ciclos de 28 dias. Conte a partir do primeiro dia da menstruação até o último dia antes de descer novamente.

– Quando o ciclo fica regular?

De seis meses a dois anos depois da primeira menstruação.

– É normal a menstruação atrasar muito?

Só nos dois primeiros anos após a primeira menstruação. Nessa fase, é possível ficar até 12 meses sem menstruar. Mas vale lembrar que atraso menstrual também pode ser indício de gravidez ou de algum problema com os seus hormônios. Por isso é importante consultar-se periodicamente com um ginecologista.

– Quantos dias dura a menstruação?

De 3 a 5 dias. Pode durar um pouco mais, desde que o fluxo diminua.

– A TPM interfere no comportamento sexual feminino?

Sim, visto que há uma alteração da libido feminina. Cerca de 70% das mulheres estão menos dispostas a ter relação sexual na segunda fase do ciclo menstual, isto é, nos 14 dias que antecedem a menstruação. Assim que menstruam, a libido aumenta. Mas tende a variar de mulher para mulher.

– Atividades físicas ajudam a diminuir os sintomas da TPM?

Exercícios físicos adiantam e merecem ser feitos. As atividades físicas liberam endorfinas, que provocam sensação de prazer, relaxam, ajudam no funcionamento do intestino e reduzem o edema característico do período. Procure fazer uma caminhada e vá aumentando a intensidade. Não esqueça do alongamento.

– Chocolates aliviam a TPM?
Sim. Isso acontece porque o chocolate estimula sensações que geram prazer e bem-estar, que colaboram para o nosso corpo liberar serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade.