Conheça alguns fatores que podem alterar o resultado do exame de sangue

O resultado do exame de sangue é uma das maneiras mais eficazes de diagnosticar as condições de saúde nos mais diferentes órgãos do nosso corpo! Seja para verificar os níveis de glicose e colesterol ou mesmo para avaliar a quantidade de glóbulos e plaquetas através de um simples hemograma, os exames de sangue podem nos prevenir contra diversos problemas de saúde.

 

Mas, para garantir resultados precisos e assertivos, é essencial seguir as recomendações médicas e laboratoriais. Afinal, existe um grande número de fatores que podem alterar o resultado do exame de sangue.

 

Por isso, listamos aqui alguns deles para que você fique mais atento para os próximos exames. Confira!

 

Jejum

Uma das recomendações pré-analíticas mais comuns, o jejum serve para que a ingestão de alimentos não interfira na composição sanguínea, evitando assim possíveis alterações no resultado do exame de sangue. Uma refeição dentro do tempo de jejum pode acarretar, entre outras coisas, variações nos níveis de colesterol (de 5 a 10%) e triglicérides (cerca de 20%).

 

Remédios

O uso de determinados medicamentos, como anti-inflamatórios e antibióticos, também é um fator que pode alterar os resultados de um exame de sangue. Dessa forma, se você está fazendo uso de algum medicamento, o ideal é avisar o médico para evitar o erro na interpretação dos valores encontrados.

 

Faixa etária

De uma forma geral, os nossos órgãos vão perdendo determinadas capacidades com o passar dos anos. Os rins, por exemplo, aos poucos perdem a capacidade de eliminar substâncias tóxicas. Por isso, é importante que a idade do paciente também seja levada em conta antes de um exame.

 

Posição

Por incrível que pareça, a posição do nosso corpo enquanto estamos fazendo um exame de sangue também pode interferir em seus resultados! Se estamos deitados e levantamos rapidamente, por exemplo, os níveis de água e de outros elementos como triglicérides, hemoglobina, colesterol e albumina podem sofrer variações de até 10%. Assim, o recomendado é que você permaneça em repouso por, pelo menos, 15 minutos antes do exame.

 

Álcool e Fumo

Se você está com um exame de sangue agendado, o ideal é cortar o consumo de álcool, no mínimo, 72 horas antes da coleta. Isso porque as bebidas alcoólicas agridem nosso fígado e podem alterar significativamente os valores de glicose, triglicérides e ácido lático. Já o fumo pode alterar os níveis de leucócitos, hemácias, colesterol circulante, adrenalina e aldosterona. Por isso, evite fumar por até 3 horas antes do seu exame de sangue.

 

Gênero

Homens e mulheres podem apresentar níveis bastante distintos devido a diversos fatores, como variações de massa muscular, hormonais, metabólicas e outras alterações comuns do ciclo menstrual.

 

Atividade física

Os efeitos das atividades físicas sobre os componentes sanguíneos são transitórios e dependem da intensidade dos exercícios e do condicionamento físico de cada um. Mas, de qualquer forma, esse é um fator que pode interferir no resultado do exame de sangue. Ácido lático, ferro e ácido úrico são alguns dos componentes que podem sofrer variação devido a esforços físicos.

 

Para garantir resultados assertivos e diagnósticos precisos, é preciso confiar em um laboratório de qualidade. Conte com toda a estrutura do Laboratório Vozza para realizar seus exames! Agende pelo WhatsApp (19) 99114.0032 ou pelo telefone (19) 3733.2400