Cuidados com a exposição ao sol: confira 5 dicas

Ainda falta um mês para o início do verão. Mas você sabia que não é só nessa estação que devemos estar atentos aos cuidados com a exposição ao sol? É isso mesmo, afinal, nós estamos em contato diariamente com os raios solares, mesmo nos dias mais frios.

Mas saiba que através de alguns hábitos muito simples é possível se prevenir contra os perigos da exposição excessiva ao sol. Por isso, para evitar possíveis problemas como a insolação, a desidratação e o câncer de pele, separamos algumas dicas especiais para você adotar no seu dia a dia. Confira!

5 dicas de cuidados com a exposição ao sol

1. Protetor solar

Entre os principais cuidados com a exposição ao sol, o uso de protetores solares destaca-se como um dos mais essenciais. Isso porque esses produtos nos protegem contra os raios UVA e UVB, que podem causar desde pequenas vermelhidões até o envelhecimento precoce e o câncer de pele.

Mas não se esqueça de que esse tipo de cuidado com a exposição ao sol deve ser diário, e não apenas durante as férias ou em momentos de lazer. Além disso, lembre-se de aplicar o filtro solar pelo menos 30 minutos antes de sair ao sol, para que a pele absorva o produto corretamente.

2. Hora certa

Tem hora certa pra tudo, não é mesmo? E com a exposição ao sol não é diferente.

Existem alguns períodos mais seguros para pegar aquele solzinho, que é quando há menor radiação UVB, causadora de queimaduras e principal fator de risco para o desenvolvimento de câncer de pele. Assim, o ideal é evitar o sol entre as 10h e as 16h. Mas mesmo nas horas mais saudáveis, não se esqueça dos outros cuidados com a exposição ao sol: protetor solar sempre! 

3. Roupas e acessórios

Em dias de sol mais intenso, o uso de filtros solares não é o suficiente. Existem algumas roupas e acessórios que também são muito importantes nos cuidados com a exposição ao sol.

Para as atividades ao ar livre, as roupas de algodão são uma boa opção, já que elas bloqueiam a maior parte dos raios ultravioleta. Tecidos sintéticos como o nylon, por exemplo, bloqueiam apenas cerca de 30% dessa radiação. Além disso, aposte em chapéus e óculos escuros para se proteger ainda mais. A luminosidade excessiva pode causar algumas doenças, como catarata, lesões nos olhos e até câncer nas pálpebras. 

4. Hidratantes pós-sol

A nossa pele sente diretamente as consequências de uma exposição solar excessiva. É comum que depois de um dia no sol sem a proteção necessária, nossa pele arda, descasque e fique ressecada. Nesses casos, os hidratantes pós-sol podem ser uma ótima alternativa para manter a pele hidratada e suavizar os efeitos da insolação.

Isso porque eles geralmente contam com ingredientes naturais que ajudam a suavizar as queimaduras causadas pelo sol e também diminuem as inflamações causadas pelos raios UV.

5. Alimentação e hidratação

Embora não pareça, a alimentação pode sim ser um cuidado muito importante quando estamos falando de exposição solar. Alguns alimentos como mamão, abóbora, cenoura e beterraba, ajudam na prevenção aos possíveis danos na pele causados pelo sol. Isso porque eles contêm os famosos carotenoides, que se depositam na pele e possuem ação antioxidante.

Além disso, a hidratação é outro item essencial para cuidar bem do seu corpo, principalmente nos dias mais quentes. Abuse da água, dos sucos naturais, das vitaminas e da água de coco.