Exame toxicológico para motoristas: tudo que você precisa saber sobre ele

O exame toxicológico para motoristas passou a ser obrigatório em 2015, o que gerou muitas dúvidas e discussões na área do trânsito brasileiro. Mas você sabe realmente o que é esse exame?

Para esclarecer todas as dúvidas, reunimos neste texto algumas dicas para você ficar por dentro de tudo que precisa saber sobre esse exame. Afinal, o Laboratório Vozza é um dos locais credenciados para realizar esse tipo de análise. Acompanhe!

Afinal, para que serve o exame toxicológico para motoristas?

O exame toxicológico para motoristas passou a ser obrigatório para condutores das categorias C, D e E. Assim, ele é necessário tanto para quem pretende se habilitar em uma dessas categorias quanto para condutores já habilitados que precisam renovar o documento.

Esse exame tem como função detectar o consumo de certas substâncias. Entre elas estão anfetamina, maconha, cocaína, morfina, heroína e ecstasy. Além disso, essa análise também consegue identificar o consumo de até 90 dias retroativos à data do exame, que é feito em um dos laboratórios credenciados pelo DETRAN, como o Laboratório Vozza.

Para realizar o exame toxicológico é bem simples. Veja só:

  1. Encontre um dos laboratórios credenciados pelo DETRAN mais próximo de você;
  2. Vá até o local escolhido e realize a coleta das amostras de cabelo, pelo do corpo ou raspas de unha. A coleta não é invasiva, contagiosa nem causa dor;
  3. Aguarde a emissão do resultado pelo laboratório da sua escolha;
  4. O exame toxicológico para motoristas não exige nenhum tipo de preparação.Por isso, após o pagamento você pode seguir para a coleta sem agendamento prévio.

E atenção: caso o motorista, por alguma necessidade, utilize remédio com substâncias proibidas no Exame Toxicológico, deve enviar para o e-mail prescricoesmedicas@labet.com.br a prescrição médica para justificar seu resultado positivo como medicamentoso. É indicado que o e-mail seja enviado para a coleta de amostra antes mesmo da liberação do laudo.

Como é feito o exame toxicológico para motoristas?

Você sabia que essa análise também pode ser chamada de exame toxicológico de larga janela de detecção? Isso porque ela permite identificar de quais substâncias a pessoa fez uso ou com quais entrou em contato nos últimos 3 ou 6 meses.

Além disso, o exame toxicológico para motoristas pode ser feito com vários tipos de materiais biológicos. Entre eles, podemos citar sangue, urina, saliva, cabelo ou pelos. No laboratório, um profissional capacitado para a atividade realiza a coleta do material da pessoa e envia para a análise.

Cabelo e pelos são os materiais que melhor fornecem informações relacionadas ao contato com as substâncias tóxicas. Isso porque a droga, quando consumida, se espalha rapidamente pelo sangue e acaba por nutrir os bulbos capilares.

Qual é o prazo de validade do exame toxicológico para motoristas?

Para quem deseja renovar a CNH, o exame toxicológico possui até 90 dias de validade a partir da realização da coleta. No estado de São Paulo, a LABET tem o prazo de 3 dias para análise, válido somente após a chegada da amostra em laboratório.

E para motoristas profissionais, as regras são as mesmas?

O exame para motoristas profissionais se tornou obrigatório na admissão e na demissão de condutores nas categorias C, D e E. Portanto, é necessário que a pessoa passe pelo exame toxicológico nas seguintes situações:

  1. Quando estiver em processo de habilitação da CNH para as categorias C, D e E;
  2. Quando tiver passado metade do tempo de validade da CNH;
  3. Quando o motorista profissional for admitido pela empresa;
  4. Quando o motorista profissional for desligado do trabalho atual.

Ainda tem dúvidas? Fale com o Laboratório Vozza para manter seus exames em dia

Agora que você sabe quando e por que o exame toxicológico para motoristas deve ser realizado, conte com o Laboratório Vozza para manter seus exames em dia. Afinal, quando o assunto é saúde, nós estamos sempre prontos para melhor atendê-lo.