Saiba tudo sobre o exame de urina

A urina é uma das principais forma de excreção do organismo. Por isso, o exame de urina fornece importantes informações sobre o estado do organismo. Saiba tudo sobre o exame de urina.

Em nosso blog já falamos sobre o jejum para fazer exames de sangue, assim como a importância do hemograma. Mas muitas pessoas também têm dúvidas sobre outro exame muito comum solicitado pelos médicos: o exame de urina.

Exame de urina: para que serve?

O exame de urina é solicitado pelo médico como uma forma de diagnóstico complementar. Este é um exame indolor e de simples coleta.

A urina é composta por ureia e outras substâncias químicas como sódio, potássio e ácido úrico, diluídas em água. Com este exame é possível verificar e também comprovar a existência de doenças, principalmente nos rins e vias urinárias.

A presença de sangue, proteínas e outras substâncias pode indicar doenças graves que ainda não estão apresentando sintomas claros. Quando os níveis de glicose estão altos, por exemplo, pode ser uma indicação de diabetes. Já a presença de leucócitos pode sugerir uma inflamação nas vias urinárias.

Por isso, uma urina aparentemente normal não indica que ela não possa ter alterações. Desta forma, apenas o exame laboratorial pode detectar problemas.

Tipos de exames de urina

Existem 2 tipos de exames de urina comuns: exame de urina tipo 1 e exame de urocultura. O tipo 1 é um exame de rotina feito através da primeira urina da manhã. O primeiro jato deve ser desprezado porque normalmente ele elimina impurezas que possam estar no canal urinário. Ele serve para analisar a presença de glicose, proteínas, o pH e até mesmo sangue na urina.

Já a urocultura é o exame de urina que identifica a presença de bactérias. Pode ser um indicativo de infecção urinária. Ao contrário do exame de urina tipo 1, que é mais simples, a urocultura é capaz de identificar exatamente a bactéria que está causando a doença.

Como realizar a coleta?

Para realizar a coleta da urina é fundamental um recipiente limpo e seco. Dependendo da necessidade do médico, existe uma forma diferente de coleta:

– Urina aleatória: Normalmente este tipo é solicitado em caso de urgências. Ele é útil para detectar anormalidades muito evidentes. Porém, seu resultado pode ser alterado pela ingestão de alimentos e até mesmo pela realização de atividades físicas. Por isso, este tipo de coleta pode não ser muito precisa.

– Primeira amostra da manhã: Este tipo de amostra é utilizada, por exemplo, para testes de gravidez. Por ser a primeira urina do dia, a amostra é concentrada, o que garante que sejam detectadas as substâncias presentes e em forma não diluída.

O tipo de coleta irá depender da análise que será necessária e o estado de saúde em que se encontra o paciente. A amostra deve ser colhida idealmente no próprio laboratório, garantindo assim que os resultados sejam confiáveis.

Consulte um médico de sua confiança e conte com o Laboratório Vozza para realizar seus exames!