Conheça os principais sintomas do HIV e da AIDS

No dia 1º de dezembro celebramos em todo o mundo o Dia Internacional da Luta Contra a AIDS. E ao longo de todo o mês, são realizadas diversas ações de prevenção e conscientização sobre a doença, que fazem parte da campanha Dezembro Vermelho. E você sabia que conhecer os principais sintomas do HIV e da AIDS também é uma forma de prevenção?

Apesar de serem bastante silenciosos no início, é importante estar por dentro dos sintomas do HIV para entender melhor a doença e, assim, evitar mais rapidamente os seus possíveis riscos.

Por isso, neste texto vamos falar sobre alguns dos principais sintomas da doença, suas formas de prevenção, tratamento, entre outras informações importantes. Confira!

Sintomas do HIV 

O HIV é o vírus que causa a AIDS, mas você sabia que é possível ter o vírus durante um longo período sem desenvolver a doença? É importante lembrar que a duração, a gravidade e os tipos de sintomas variam de acordo com cada pessoa.

Em alguns casos, o HIV pode causar sintomas parecidos com outras síndromes virais, como gripes, por exemplo. Esses sintomas do HIV surgem, geralmente, entre 2 e 4 semanas após o contato com vírus. E entre eles estão:

  • Dores de cabeça
  • Febre baixa
  • Tosse seca e dores de garganta
  • Cansaço excessivo
  • Náusea e diarreias
  • Ínguas inflamadas
  • Dores nas articulações

Na maior parte dos casos, os sintomas do HIV costumam melhorar após 2 semanas. Por isso, podem acabar sendo confundidos com os de uma simples gripe. Mas mesmo que os sinais tenham desaparecido, o vírus ainda permanece em seu organismo. Tanto é que essa fase sem sintomas pode durar anos, enquanto o HIV vai evoluindo silenciosamente, afetando todo o nosso sistema imune e desenvolvendo a AIDS.

Sintomas da AIDS

Os sintomas da AIDS surgem apenas quando a pessoa não realiza os tratamentos necessários para combater o vírus ou em situações em que o sistema imunológico se encontra fraco e debilitado. Os sintomas incluem:

  • Febre alta persistente
  • Manchas vermelhas na pele (Sarcoma de Kaposi)
  • Suores noturnos
  • Tosse persistente e garganta arranhada
  • Perda de peso
  • Manchas brancas na língua e na boca
  • Dores de cabeça, nos músculos e nas articulações
  • Inchaço dos gânglios linfáticos durante mais de 3 meses
  • Diarreias por mais de 1 mês, vômitos e náusea
  • Cansaço, fadiga

Esses sintomas costumam surgir quando o organismo já apresenta uma grande quantidade do vírus do HIV e números baixos das células de defesa. Essa baixa imunidade também pode acarretar outras doenças como a tuberculose, a pneumonia, a hepatite viral e a candidíase.

Tratamento

A AIDS é uma doença que ainda não possui cura e, por isso, o seu tratamento deve ser feito durante toda a vida.

Os principais objetivos do tratamento são o combate do vírus e o fortalecimento do sistema imune. Lembre-se de que para gerar os efeitos esperados é essencial seguir as orientações do médico e usar preservativo para evitar a contaminação de outras pessoas. 

O ideal é que o tratamento contra o HIV comece antes mesmo da AIDS se manifestar.

Diagnóstico

Os primeiros passos para você identificar se está contaminado ou não com o vírus HIV é analisar alguns comportamentos de risco, como relações sexuais sem preservativo ou o uso partilhado de seringas. Além disso, você deve estar atento aos sintomas do HIV, como mal-estar, dores de garganta, de cabeça, febre etc.

Após cerca de 50 dias do comportamento de risco, o ideal é que você realize um exame de sangue para detectar a presença do HIV.

Visando sempre uma relação humanizada com nossos pacientes, o Laboratório Vozza garante diagnósticos de excelência, com prazos rápidos e de forma eficaz e segura. Consulte um médico de sua confiança e conte com o Vozza para realizar seus exames!