Exames para câncer de mama: do diagnóstico ao tratamento

Em diferentes etapas, os exames para câncer de mama são imprescindíveis para auxiliar no cuidado com a saúde do paciente. Saiba mais sobre eles!

Em um mês especialmente dedicado ao Outubro Rosa, não poderíamos deixar de falar sobre um dos cânceres mais comuns entre as mulheres: o de mama. Além da mamografia e do autoexame, existem outros exames para câncer de mama que são importantes para o diagnóstico e os cuidados com a doença independentemente do estágio em que ela se encontra.

Por exemplo, alguns desses exames são utilizados para o controle da doença. Assim, além de serem importantes nos primeiros estágios do câncer de mama, eles também podem ser úteis para monitorar o avanço ou o retrocesso da doença.

Veja mais sobre esses tipos de análises a seguir.

Exames para câncer de mama: o diagnóstico

O diagnóstico do câncer de mama é baseado no exame físico (palpação da mama), que pode ser feito pelo médico e pela própria pessoa. Após essa primeira etapa, o ultrassom de mama e uma biópsia também podem ser solicitados.

No entanto, essa fase pode ser acompanhada de outros exames complementares. Assim, o médico pode solicitar exames laboratoriais para avaliar outras funções do corpo, como o hemograma, exames de colesterol e triglicerídeos, coagulação etc.

Esses exames para câncer de mama vão auxiliar na obtenção de um diagnóstico mais preciso e um tratamento ainda mais eficaz.

Exames laboratoriais para detectar câncer de mama: marcadores tumorais

Outras análises que podem ser solicitadas durante o diagnóstico e até mesmo o tratamento desses tipos de câncer são os exames de marcadores tumorais.

Eles medem a dosagem de algumas substâncias produzidas por tumores. Dessa forma, servem para que o médico avalie o estado do câncer e escolha a terapia adequada.

Veja alguns tipos de marcadores tumorais:

CA 15.3

Pode-se dizer que o CA 15.3 é considerado o mais sensível e específico quando se trata do câncer de mama. Quando associado a outros marcadores, como é o caso do CEA, serve para avaliar como será realizado o tratamento.

Entretanto, mesmo após o tratamento, caso o CA 15.3 esteja elevado, pode indicar que o câncer voltou ou há formação de uma nova lesão tumoral.

CEA

O Antígeno Carcinoembrionário (CEA) é uma proteína encontrada em pequena quantidade no sangue de pessoas saudáveis. Porém, ela pode aumentar indivíduos que tenham o câncer de mama. Muitas vezes, esse aumento também pode sugerir que o atual tratamento indicado não está apresentando melhoras para o paciente.

CA 125

A proteína CA 125 é produzida por inúmeras células, principalmente pelas células do câncer de ovário. Apesar de ser mais solicitado para este tipo de câncer, esse exame é indicado também para o de mama, pois esse tipo também pode provocar o aumento dessa proteína no sangue.

CA 27-29

Normalmente, este exame apresenta uma grande sensibilidade para a detecção precoce de reincidência do câncer de mama. Em alguns casos, este pode ser considerado ainda mais específico que o CA 15-3 para essa finalidade.

Conte com o Laboratório Vozza para realizar seus exames

Agora que você já sabe o quão importantes são os exames para o câncer de mama, saiba que, além de abraçar essa causa, o Laboratório Vozza também realiza alguns desses exames que podem auxiliar nos diversos estágios da doença.

Acesse nosso site e conheça nossos exames.

Exame médico periódico: quando deve ser realizado?

Exame médico periódico

É certo que todos os colaboradores de uma empresa já tiveram que realizar o exame médico periódico. Mas quando ele deve ser realizado? Saiba tudo aqui!

Durante todo o período em que um colaborador permanece em uma empresa, é muito importante que sua saúde física e mental seja avaliada. Você sabia? E para isso, um exame médico periódico é fundamental.

Esse cuidado das empresas garante a integridade e a qualidade do trabalho que vem sendo prestado pelo funcionário. Afinal, com a saúde em dia, a rotina se torna mais leve e produtiva.

Então, se você quiser entender mais sobre o assunto, este texto é para você.

O que é um exame médico periódico?

O exame médico periódico é uma exigência legal do Ministério do Trabalho. Serve para avaliar se houve ou não alguma mudança na saúde de um colaborador, após algum tempo exercendo a atividade para qual foi contratado.

Qual é a importância do exame médico periódico?

O principal objetivo do exame médico periódico, como vimos, é proteger o colaborador. Ele é importante para prevenção e diagnóstico precoce das doenças ocupacionais. Ou seja, é uma ótima oportunidade para cuidar da saúde de todos de forma preventiva, além de realizar algumas adaptações no ambiente, caso seja necessário.

Com qual frequência deve ser realizado?

Normalmente, o intervalo estabelecido para a realização de um exame médico periódico pode variar de uma empresa para outra. Mas via de regra, poderá ser semestral, anual ou bienal – tudo dependerá do tipo de atividade e de fatores de risco aos quais o colaborador está exposto ao desempenhar sua função.

 Quais procedimentos são adotados no exame?

 No geral, os procedimentos são bastante simples. Em primeiro lugar, o colaborador preencherá uma ficha informando todas as doenças recentes e antigas que teve. Depois, ele passará por uma avaliação médica.

No entanto, como o exame médico periódico está relacionado ao risco que o trabalho oferece, pode-se pedir alguns procedimentos completares. Entre eles estão os exames laboratoriais, capazes de avaliar o impacto que a atividade exerce sobre a saúde do colaborador.

Abaixo estão alguns tipos de exames complementares mais comuns. Veja só:

  • Audiometria

É um exame realizado para detectar possíveis falhas ou perda de audição. É indicado para os colaboradores que exercem atividades em locais com pressão sonora (ruídos) acima do permitido.

  • Acuidade visual

Serve para identificar se o colaborador apresenta algum distúrbio na visão que pode provocar danos a si, aos seus colegas de trabalho ou a empresa.

  • Exames laboratoriais

Por último, os exames laboratoriais são aqueles realizados em laboratórios de análises clínicas. Por exemplo, os exames de sangue ou urina.

Eles podem identificar alguma doença ou outros problemas de saúde. A solicitação irá depender dos riscos aos quais os colaboradores estão expostos em sua rotina de trabalho.

E, para isso, um laboratório de confiança é essencial, não é mesmo? Então, conte com o Vozza!

Conte com o Laboratório Vozza para um atendimento corporativo

Sabia que o Laboratório Vozza oferece atendimento corporativo? Nossos objetivos são agilizar o processo da saúde no ambiente da sua empresa e facilitar seu dia a dia.

Para isso, realizamos exames admissionais, periódicos ou demissionais diretamente na sua organização. Também temos uma tabela especial de preços e faturamento dos exames.

Então, entre em contato conosco.

Rinite alérgica sazonal: dicas para prevenir

Entre as trocas de estação, os casos de rinite alérgica sazonal costumam aumentar bastante. Então, os cuidados com a saúde são imprescindíveis. Veja como se cuidar!

O período de transição entre o inverno e a primavera normalmente é marcado pela rinite alérgica sazonal. E quem sofre com ela sabe o quanto isso é ruim! Assim como outros tipos de alergias e rinites, ela é caracterizada pela inflamação no nariz devido à exposição a alérgenos como a poeira, o mofo, fumaça de cigarro, ácaros e pólen.

Em específico na primavera, os casos são ainda mais comuns. Afinal, é quando o pólen transportado pelo ar está em maiores níveis na atmosfera por causa da intensa florescência das árvores e da polinização das plantas.

Para você que convive com a rinite alérgica sazonal, saiba como se cuidar para ficar tranquilo durante essa estação. Anote as dicas a seguir:

                 Rinite alérgica sazonal: veja 5 dicas para se prevenir!

  • Arcondicionado

 O ar-condicionado em temperatura ambiente pode ser um bom aliado contra a rinite alérgica sazonal, sabia? Isso porque ele retém as partículas de poeira e pólen em seu filtro, o que ajuda a criar uma barreira de proteção no ambiente. Se possível, utilize também um umidificador, assim você evita que o ar seco prejudique ainda mais a situação!

  • Elimine os ácaros

Mantenha a casa, em especial os armários, sempre seca, limpa e arejada. Essa é uma boa solução para acabar com a proliferação de ácaros e, consequentemente, evitar a rinite alérgica sazonal. Lembre-se: eles se alimentam dos restos de pele que se misturam à poeira e gostam de ambientes quentes e úmidos, por isso tente eliminar essas possibilidades!

  • Troque as roupas de cama

 Por falar em ácaros, roupas de cama como lençóis, travesseiros e cobertas são lugares perfeitos para eles. Por essa razão, é muito importante trocar e lavar a roupa de cama com água quente ao menos uma vez na semana, certo?

  • Evite aromas fortes

 Perfumes e produtos químicos, como os de limpeza, por exemplo, costumam ter um cheiro muito forte, o que pode agravar uma crise de rinite alérgica sazonal. Por este motivo, prefira aqueles com aromas mais neutros e suaves.

  • Higiene

 Por último, uma dica que parece muito simples, mas que ajuda e muito: lave o nariz com frequência, usando soro fisiológico. O líquido limpa as impurezas e reduz os efeitos da poeira e do pólen que estão no ar, ajudando a evitar a tão temida rinite.

Como saber se estou com rinite alérgica sazonal?

Todas as dicas acima ajudam a prevenir as crises alérgicas, não é verdade? Mas antes é muito importante que você conheça as causas dessa e de outras alergias. Só assim você poderá ter um tratamento adequado!

Uma das maneiras de descobrir isso é através dos exames laboratoriais.

Caso não seja possível realizar o teste cutâneo, que pode apresentar uma reação alérgica grave, os exames de sangue especiais são uma boa alternativa. Eles medem os níveis de substâncias específicas relacionadas às alergias, principalmente a imonuglobulina E (IgE), um anticorpo produzido pelo organismo para combater os alérgenos.

 

Conte com o Laboratório Vozza para os

exames de detecção da rinite alérgica sazonal

Gostou das nossas dicas? Agora que você sabe como prevenir a rinite alérgica e como é feito o diagnóstico, conte com o Laboratório Vozza para realizar todos os seus exames.

Saiba mais sobre os tipos de exames que realizamos e veja como agendar seu horário.

Exames laboratoriais: a importância de manter a saúde em dia

Exames laboratoriais: a importância de manter a saúde em dia

Aproveitando que 5 de agosto foi o Dia Nacional da Saúde, veja algumas dicas para cuidar da sua saúde

No mês que há uma data exclusiva para falar sobre a importância do cuidado com a saúde, nada mais propício do que alertar e orientar a população sobre o assunto. E para começar essa rotina, na maioria das vezes, exames laboratoriais podem ser grandes aliados.

Em um artigo publicado pelos diretores da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, foi revelado que 70% das decisões médicas se baseiam nos resultados dos exames laboratoriais. Assim, eles são usados para obter informações importantes sobre o estado de saúde do paciente e depois, se necessário, indicar um tratamento mais adequado.

Mas, afinal, você sabe o que são esses exames laboratoriais? Solicitados por um médico responsável e feito em laboratórios de análises clínicas, são um conjunto de testes e exames minimamente invasivos, por exemplo, o hemograma, o teste de gravidez, exame de urina, entre outros.

Podem ser realizados por farmacêuticos, biomédicos, bioquímicos e médicos. Apesar de estarem presentes na nossa rotina de cuidados com a saúde, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como se preparar para eles. Por esse motivo, reunimos algumas dicas para os mais solicitados. Confira!

Tipos de exames laboratoriais mais indicados

Mamografia

A paciente deve chegar com pelo menos 30 minutos de antecedência ao laboratório. É importante que ela não tenha aplicado nas mamas ou axilas cremes, talcos e desodorantes. O ideal é que ele seja realizado após o período menstrual, já que a sensibilidade é menor. As mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez não podem realizar o procedimento. Caso esteja amamentando, as mamas devem ser esvaziadas uma hora antes.

Colesterol total ou fracionado

A taxa é descoberta por exames laboratoriais de sangue. Então, o ideal é que ele seja feito pelo menos uma vez por ano. Três dias antes, mantenha uma dieta mais leve e não consuma bebidas alcoólicas por 72h. Para crianças acima de 5 anos e adultos, o jejum deve ser de, no mínimo, 12h e, no máximo, 14h.

Hemograma

É destinado à análise das moléculas que compõem o corpo humano. Para esse exame, não é necessário um preparo anterior.

Glicemia

O teste serve para medir a taxa de açúcar no sangue e prevenir doenças como a diabetes, por exemplo. Não pratique atividades físicas 12h antes de realizar o exame e o jejum deve ser de, no mínimo, 8h e, no máximo, 14h.

Outra dica importante sobre os exames laboratoriais é quanto à ingestão de água. É importante lembrar que é permitido, sim, tomá-la em jejum, desde que moderadamente. Isso porque o excesso pode interferir em exames como o de urina. Agora, se o exame exigir algum tipo de anestesia, fica proibida a ingestão de líquidos.

Quanto ao jejum, nunca ultrapasse o período de 14h. Depois desse tempo, o organismo usa sua reserva e começa a queimar gordura e proteína, alterando os resultados dos exames.

Conte com o Laboratório Vozza para seus exames laboratoriais

Agora que você entendeu mais sobre a importância dos exames e testes para o cuidado com a sua saúde, conte com o Laboratório Vozza para realizá-los! Saiba mais sobre os tipos de exames que realizamos e veja como agendar seu horário.